Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Sobre fins que nos fazem recomeçar

A mudança é assustadora. Às vezes ela é um monstro enorme e indomável, tantas outras é um monstrinho que a gente enfrenta rápido. Mas independentemente do tamanho ou intensidade, é mais do que normal que, ao sair da nossa zona de conforto -que algumas vezes de confortável não tem nada- nos sintamos assustados e inseguros mesmo. A gente não sabe o que nos espera, como vai ser, como agir ou reagir às novas sensações, situações e momentos.
Como e quando essa mudança acontece também é algo que foge do nosso domínio. Conheço pessoas que esperam há anos que algo que anda desajustado se ajuste em sua vida e outras que em pouco tempo teve a vida revirada de cabeça para baixo. Umas escolheram mudar. Outras foram obrigadas, viram-se em um beco sem saída. Mas o que eu quero dizer com todo esse papo sobre mudar e mudanças é que não importa quais sejam, não importa se a gente escolheu ou não, fechar ciclos e, consequentemente, experimentar mudanças, é algo que vai acontecer em nossa existência sem…

Ele é o meu agradecimento diário

Cresci ouvindo que a vida sempre é uma caixinha de surpresa. Ora boa, ora ruim. Mas que ela me surpreenderia muitas vezes. Ouvia muito, também, as pessoas falando, com tons desanimadores, sobre o amor. “O amor machuca”, diziam. As mulheres ao meu redor, então, sempre foram taxativas, “nenhum homem presta, não tem jeito mesmo”. Confesso que cresci um pouco ”traumatizada”, mas algo em mim sempre acreditou no amor. Talvez tenham sido os filmes da Disney ou talvez os sofrimentos que passei em alguns momentos me puseram umas lentes diferentes frente ao mundo.
Mas esse texto não é sobre dores, traumas ou medos. Esse texto é sobre encontro. Sobre reconhecimento de almas. Sobre a vida ter me mostrado o contrário do que eu ouvia. Esse texto é sobre a sorte e o privilégio de ser agraciada pelo universo, que soprou a favor do meu encontro com o amor. Com o amor da minha vida. Confesso que mais cedo do que eu esperava, mas quem disse que para essas coisas tem a idade certa? Você pode encontrar seu…

O que quase nunca é dito: nem só de babacas meu caminho é feito.

Já vi alguns textos por aí em homenagem aos babacas que cruzaram nosso caminho. Amei e me identifiquei com todos que li. Mas hoje eu resolvi agradecer aos caras legais que passaram pela minha vida. É, pode soar estranho. Ou não. Mas também já conheci homens que valem o meu “muito obrigada”. E não por terem sido idiotas e me ensinado da pior maneira, mas por terem agido como Homens, com H maiúsculo.
Apesar dos encontros que me trouxeram a certeza que de moleques e babacas é melhor manter distância, a vida me apresentou caras que valeram a pena, que me fizeram entender e sentir a delícia de conhecer alguém maduro e que não banca o leviano com os sentimentos alheios. Daí você pode se perguntar: então por que não deu certo? Ou, um pouco mais irritado, você, caro leitor, já deve estar naquele famoso pensamento de que quando o homem presta, a mulher só quer amizade, afinal, preferimos os cafajestes. Que balela! Os motivos para uma relação não ir adiante são inúmeros e nem sempre é preciso q…

Todo mundo tem um pouco de Joana

Joana tem pouca idade, mas muito já viveu. Sentiu dores que arruinaram seu íntimo e viveu amores violentamente maravilhosos. Perdeu o chão algumas vezes e viu seu mundo desabando em instantes, acreditando que nunca mais conseguiria manter-se de pé novamente. Mas foi surpreendida, vendo tudo dentro de si se refazendo, a bagunça sendo arrumada e sua força brotando, feito uma flor, do solo que há muito tempo se fazia seco e sem vida.
Joana, como tantas outras pessoas por aí, também já insistiu em alguém que não valia a pena, quis convencer outra pessoa a gostar de sua companhia e já teve sua auto-estima bombardeada e devastada por uma rejeição. Mas também aprendeu a recomeçar e refloresceu diversas vezes. Porque Joana foi ensinada pela vida a ser fênix. A renascer. A sacudir a poeira depois das quedas que te arrebentaram e dar a volta por cima. Firme e forte.
(Imagem da internet)

Porque Joana é força, vontade, convicção. A maturidade adquirida através das vivências, ensinou essa moça a enx…

Para você que está com o coração sangrando

(Imagem da internet)


Olha, eu sei que está doendo. Sei que a vontade de seguir em frente, nesse exato momento, esvaiu-se completamente. Sei que os olhos que antes brilhavam de sonhos e vontade, agora encontram-se embaçados pelas lágrimas que teimam em não cessar. Dia e noite, não importa o momento, a dor grita. O peito aperta. O corpo pede cama. Os pensamentos se embaralham e você não consegue mais saber para onde ir, o que fazer com tudo isso que acontece dentro de ti e, muito menos, se vai passar.
Eu sei...eu sei o quanto tudo isso está sendo difícil. Sei do quanto você queria voltar no tempo e fazer algo diferente, achando que, de alguma forma, evitaria todo esse sofrimento que te assola. Sei que na sua cabeça, nesse momento, realidades paralelas teimam em se fazer presentes, te fazendo acreditar que se tivesse feito de tal forma, tudo isso seria diferente. E eu queria poder tirar tudo isso que te maltrata. Queria poder arrancar cada dor e ter em mãos o remédio para que tudo isso ci…

Minha melhor amiga é um presente de Deus

Nós não nos vemos todos os dias e às vezes, também, passamos algum tempo (quatro dias no máximo) sem contato algum. Mas o nosso coração, de uma forma incrível e inexplicável, mantém-se juntos. Aconchegados. Ligados de alguma forma. E quando conversamos, mesmo após um período sem isso, tudo continua na mais perfeita ordem. Tudo permanece como sempre foi, recheado de amor, cumplicidade e amizade.
Ela é minha segurança e o meu apoio. Seja para me apoiar nas maiores loucuras, seja para pegar pelo braço, puxar minha orelha e me alertar que aquilo não é o melhor, mas que se, mesmo assim, eu quiser ir, tudo bem. Ela estará comigo. Porque é isso que nós somos, companheiras. E foi isso que nossa amizade nos mostrou e nos mostra a cada dia, o quanto precisamos uma da outra e o quanto essa presença nos fortalece e nos encoraja de um jeito absurdo.
(Imagem da internet)
Comunicamo-nos por um olhar e nos entendemos com um abraço. Suas dores são minhas e suas alegrias também. Às vezes tenho a sensação …

Intimidade é o aninho da alma

Intimidade, embora pareça, não surge somente com o tempo. Existem pessoas que se conhecem há anos e não se sentem confortáveis por completo na presença um do outro. Intimidade está ligada, quase sempre, a energia.  É uma espécie de compatibilidade de almas, íntimos, sentimentos. E é por isso que eu sou fã dela e da sensação indescritível que é ser intimo de alguém.



(Imagem da internet)
Intimidade torna a relação leve, gostosa, prazerosa. Intimidade não é libertinagem e isso é o que a torna tão mágica. Ser intimo de alguém é deixar a mostra o que carregamos dentro. É tirar as máscaras, armaduras e tudo aquilo que usamos no dia a dia para esconder nossas dores, desamores, fraquezas e medos. Ser íntimo de outra pessoa é confiar e entregar a ela a nossa pior e melhor parte. Há de se ter muita coragem para criar esse vínculo, mas as suas recompensas são gratificantes.
Gargalhadas intensas, assuntos diversos, entrega despreocupada. Não há nada melhor do que sentir-se a vontade em um encont…

Perder um grande amor dói. Mas perder-se dói muito mais.

Quando tudo acabou e você resolveu ir, eu achei que meu mundo tinha se findado ali. Achei que era o fim da linha e eu não conseguiria nunca mais me reerguer. Por dias eu não tive vontade nenhuma de, sequer, levantar da cama. Ver você abandonar o nosso barco e me sentir cada vez mais submersa nas águas do sofrimento sem saber, de forma alguma, nadar, foi uma das piores sensações que eu já vivi nessa vida. Imaginar-me sozinha já não fazia mais parte dos meus planos.
(Imagem da internet)
Não sei bem como tudo isso aconteceu, mas cometi o maior erro que alguém pode cometer quando se está vivendo uma relação: tornar-se dependente do outro. Entregar nas mãos da outra pessoa a –terrível- missão de nos fazer feliz. E foi o que eu fiz. De uma forma cruel, dei a você a missão e responsabilidade de me fazer feliz. De me completar. E quando você já não mais estava presente em minha vida, não ficou somente o vazio da perda de um grande amor. Ficou o vazio de alguém que não se conhecia mais sozinha…