Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Seu Zé, eu tenho que me manter em pé...

Seu Zé, eu e a vida, sabe? Nós sempre fomos muito amigas. Sempre soubemos nos comunicar bem e entender a língua uma da outra. Eu sempre a fui fiel e sempre prometi viver o que ela me pusesse, sem pestanejar. Mas me diz, seu Zé, o que está acontecendo? O que está acontecendo com ela? Eu, sinceramente, não estou conseguindo entender o que a danada está querendo me dizer. Se é que está querendo falar algo. É que tens sido tão leviana comigo nos últimos tempos, sabe? Eu me levanto e na mesma hora ela me dá outra rasteira. Sinto que fica zombando de mim e achando-me tola demais por levantar e ir em busca de alguma explicação. Mas vou te falar, não está sendo fácil. Dentro de mim, há dias, sinto que o tempo está sempre fechado. Vou te falar, seu Zé, queria fugir. Sumir. Mas um dia me disseram que isso não adianta muito – ou nada-, porque os problemas sempre vão nos acompanhar. E é verdade, não é?
Duvido muito que chegará um dia ao qual eu tenha minha vida completamente organizada. Desacre…