Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Intimidade é o aninho da alma

Intimidade, embora pareça, não surge somente com o tempo. Existem pessoas que se conhecem há anos e não se sentem confortáveis por completo na presença um do outro. Intimidade está ligada, quase sempre, a energia.  É uma espécie de compatibilidade de almas, íntimos, sentimentos. E é por isso que eu sou fã dela e da sensação indescritível que é ser intimo de alguém.



(Imagem da internet)
Intimidade torna a relação leve, gostosa, prazerosa. Intimidade não é libertinagem e isso é o que a torna tão mágica. Ser intimo de alguém é deixar a mostra o que carregamos dentro. É tirar as máscaras, armaduras e tudo aquilo que usamos no dia a dia para esconder nossas dores, desamores, fraquezas e medos. Ser íntimo de outra pessoa é confiar e entregar a ela a nossa pior e melhor parte. Há de se ter muita coragem para criar esse vínculo, mas as suas recompensas são gratificantes.
Gargalhadas intensas, assuntos diversos, entrega despreocupada. Não há nada melhor do que sentir-se a vontade em um encont…

Perder um grande amor dói. Mas perder-se dói muito mais.

Quando tudo acabou e você resolveu ir, eu achei que meu mundo tinha se findado ali. Achei que era o fim da linha e eu não conseguiria nunca mais me reerguer. Por dias eu não tive vontade nenhuma de, sequer, levantar da cama. Ver você abandonar o nosso barco e me sentir cada vez mais submersa nas águas do sofrimento sem saber, de forma alguma, nadar, foi uma das piores sensações que eu já vivi nessa vida. Imaginar-me sozinha já não fazia mais parte dos meus planos.
(Imagem da internet)
Não sei bem como tudo isso aconteceu, mas cometi o maior erro que alguém pode cometer quando se está vivendo uma relação: tornar-se dependente do outro. Entregar nas mãos da outra pessoa a –terrível- missão de nos fazer feliz. E foi o que eu fiz. De uma forma cruel, dei a você a missão e responsabilidade de me fazer feliz. De me completar. E quando você já não mais estava presente em minha vida, não ficou somente o vazio da perda de um grande amor. Ficou o vazio de alguém que não se conhecia mais sozinha…